MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Eco-Fix

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

Em se tratando de história da humanidade, o futuro repete o passado.

As mudanças climáticas globais manifestam-se de diversas maneiras ao redor do mundo, de acordo com particularidades locais, e muitas vezes confundem a percepção dos homens sobre sua real ocorrência ou importância. Historicamente por diversas vezes o homem, as sociedades, deixaram de perceber ou de dar a devida importância aos sinais dados pela natureza, pelos sistemas naturais, ecossistemas por assim dizer, de que uma mudança brusca e duradoura, com potencial de gerar um colapso, se aproximava.

No livro de Jared Diamond, “Colapso – Por que as sociedades escolhem o fracasso ou o sucesso”, escrito em 2005, o autor detalha fatos e escolhas, que levaram algumas sociedades a colapsos no decorrer da história da humanidade. Os habitantes da ilha de Páscoa, a tribo dos Anasazi na América do Norte, os Maias na América Central, a ocupação Viking na Groenlândia, entre outras, lista e analisa as principais causas que em conjunto levaram tais sociedades, em determinados momentos exuberantes, ao colapso e ao desaparecimento completo. As causas muitas vezes se repetem, porém um fator está presente em todos os casos, Mudanças Climáticas. Nunca as sociedades tiveram a certeza de que uma alteração no padrão do clima se daria por tempo bastante que os levassem ao colapso da produção de alimentos ou à escassez completa de água e às consequências destes extremos, na forma de doenças, morte de rebanhos, fome, etc., seja por invernos rigorosos por diversos anos seguidos, seja por secas severas também por seguidos anos.

Há que se ponderar que as sociedades de então estavam bastante distantes umas das outras o que as tornavam mais frágeis, incapazes de buscar alternativas ou ajuda em povos vizinhos como é possível hoje em nossa aldeia global. No entanto, se analisarmos que o planeta Terra estaria a uma distância também impossível de vencer em caso de um colapso dos sistemas naturais, podemos também nos considerar uma ilha. Não esqueçamos que somos hoje mais de sete bilhões de seres humanos.

Em muitos lugares ocorrem invernos mais rigorosos que fatalmente levantam hipóteses errôneas.

Entretanto, faz-se necessário nos atermos a fatos e referências mais confiáveis, consistentes e robustos.

Em 19 de julho de 2016 o site da NASA-National Aeronautics and Space Administration, Agência Espacial Americana como conhecemos, publicou um artigo intitulado “Tendências climáticas de 2016 continuam a quebrar recordes”. Neste artigo a Agência Espacial Americana apresentava dados de dois indicadores principais do clima, a temperatura da superfície global e a extensão do gelo no Ártico. Em ambos os casos, os indicadores quebraram os recordes até o primeiro semestre de 2016. Cada um dos primeiros seis meses de 2016 havia estabelecido um novo recorde como o mês mais quente globalmente no registro da temperatura moderna, cujo início dos registros data de 1880, de acordo com os cientistas do Instituto Goddard da NASA para Estudos Espaciais (GISS) de Nova York. O período de seis meses de Janeiro a Julho de 2016 também havia sido o semestre mais quente do planeta no registro, com uma temperatura média de 1,3 graus Celsius (2,4 graus Fahrenheit) mais quente que o final do século XIX.

Pelo outro indicador, a extensão do gelo no Ártico, em cinco dos seis primeiros meses de 2016 (exceto o mês de Março) foram também estabelecidas as menores extensões mensais de gelo do Ártico já registradas desde o início dos mapeamentos de satélite consistentes, que começaram em 1979.

Em 18 de Janeiro de 2017, novamente a NASA-National Aeronautics and Space Administration, em conjunto com o NOAA-National Oceanic and Atmospheric Administration, publicaram um artigo intitulado “NASA, NOAA Data Show 2016 Warmest Year on Record Globally” (https://www.nasa.gov/press-release/nasa-noaa-data-show-2016-warmest-year-on-record-globally) informando que o ano de 2016 registrou as mais altas temperaturas da superfície terrestre desde o início destes registros, em 1880. As temperaturas médias globais foram 0,99 graus Celsius (1,78 graus Farhrenheit) mais quentes do que a média de meados do Século XX.

Isto faz de 2016 o terceiro ano consecutivo a registrar um novo recorde para a temperatura média da superfície global. Embora existam incertezas na interpretação de diferenças específicas relativas à localização das estações meteorológicas e as práticas de medição mudem ao longo do tempo, mesmo assim a NASA estima que 2016 foi o ano mais quente desde o início dos registros em 1880, com mais de 95 por cento de confiança.

A temperatura média da superfície do planeta subiu cerca de 2,0 graus Celsius desde o final do século XIX, uma mudança impulsionada em grande parte pelo aumento da concentração de gases de efeito estufa na atmosfera, explica o artigo.

A maior parte do aquecimento ocorreu nos últimos 35 anos, com 16 dos 17 anos mais quentes registrados desde 2001. Não só foi 2016 o ano mais quente no registro, mas oito dos 12 meses que compõem o ano - de janeiro a setembro , Com exceção de junho - foram os mais quentes registrados nos respectivos meses. Outubro, novembro e dezembro de 2016 foram os segundos mais quentes daqueles meses registrados - em todos os três casos, atrás de registros estabelecidos em 2015.

As medidas possíveis para conter o aquecimento global são amplamente divulgadas e hoje bastante conhecidas. Redução do uso de combustíveis fósseis pela utilização de meios de transporte livres de emissões, coletivos que reduzam a utilização de automóveis, que utilizem combustíveis renováveis estão entre estas medidas. A redução dos desmatamentos e incêndios florestais, e recuperação da vegetação nativa de áreas degradadas, a arborização urbana, bosques urbanos entre outras atividades que retiram o carbono da atmosfera e o fixam em estruturas vegetais também representam ações muito relevantes. A arquitetura de novas habitações, mais eficientes e menos dispendiosas de energia, além de fontes alternativas de energia são grande parte da solução.

No entanto o mercado de carbono representa uma oportunidade de fomentar a solução gerando lucro para os idealizadores de seus projetos. Novas tecnologias de geração de energia que gerem menos emissões que as tecnologias convencionais, projetos de reflorestamentos, conservação de florestas nativas, todos projetos que atualmente são financeiramente inviáveis, podem candidatar-se a obter recursos do mercado de créditos de carbono.

A Atlântica Simbios, sob o entendimento de que é preciso pensar globalmente e agir localmente, procura coletar, registrar e analisar minimamente os dados do clima local e regionalmente com o intuito de comparar com os dados históricos e desta forma apresentar nossas ponderações e conclusões acerca do clima regional e local. Sem a pretensão com isso de firmar opiniões, mas colaborar com o registro, desenvolvimento e estabelecimento de uma consciência ambiental e climática local e regional.

Em 2016 as chuvas registradas pela Atlântica Simbios em nossa sede resultaram um total de 1.740,00 milímetros, e tiveram Janeiro como o mês mais chuvoso, e Abril e Julho como os meses mais secos, conforme a tabela e o gráfico abaixo.

2016 Jan. Fev. Mar. Abr. Mai. Jun. Jul. Ago. Set. Out. Nov. Dez.
1              87,00                      -                  9,00                  -                       -                    -                    -                   -                8,00                     -                         -                         -  
2              15,00                      -                       -                    -                       -             25,00                  -                   -                    -                       -                         -                         -  
3                 5,00                      -                       -                    -                       -             24,00                  -                   -                    -                       -                  26,00                  4,00
4                     -                        -                  4,00                  -                       -             12,00                  -                   -                    -                11,00                16,00                16,00
5                     -                        -                29,00                  -                       -                    -                    -                   -                1,00                     -                  22,00                35,00
6                     -                   2,50                     -                    -                       -               6,00                  -                   -                5,00                     -                  29,00                       -  
7                     -                 20,00                     -                    -                       -               7,00                  -                   -                    -                       -                         -                         -  
8                     -                        -                       -                    -                       -                    -                    -                   -                    -                       -                         -                  35,00
9                     -                        -                18,00                  -                       -                    -                    -              2,50                  -                       -                         -                  10,00
10                     -                        -                  7,50                  -                       -                    -                    -                   -                    -                       -                    2,50                  7,50
11                     -                  63,00                  -                       -                    -                    -                   -                    -                       -                         -                    5,00
12              90,00                 2,50                     -                    -                       -                    -                    -                   -                    -                55,00                       -                  12,50
13              42,00               15,00                     -                    -                       -                    -                    -                   -                    -                       -                  29,00                       -  
14                 2,50                      -                       -                    -                       -                    -                    -                   -                    -                       -                  50,00                72,50
15              30,00                      -                  2,00                  -                       -                    -                    -                   -                    -                17,50                       -                         -  
16                 2,50            102,50                4,00                  -                16,00                  -                    -              5,50                  -                       -                         -                         -  
17              87,50                      -                       -                    -                   6,00                  -                    -                   -                    -                10,00                       -                    6,00
18                     -                 20,00                4,00                  -                       -                    -                    -                   -                    -                       -                         -                         -  
19                     -                   3,00                2,00                  -                       -                    -                    -                   -                    -                       -                         -                  35,00
20                     -                 18,00                     -                    -                       -                    -                    -            32,00                  -                       -                         -                  32,50
21                     -                        -                       -                    -                       -                    -                    -                   -                    -                       -                         -                         -  
22                     -                        -                       -                    -                       -                    -                    -                   -                    -                20,00                       -                    7,50
23                     -                   3,00                     -               2,00              52,50                  -                    -                   -                    -                       -                         -                         -  
24                     -                   7,00                2,00                  -                       -                    -                    -                   -                    -                30,00                       -                         -  
25                     -                        -                12,00                  -                       -                    -                    -                   -                    -                   3,00                       -                  29,00
26              12,00               10,00                7,00                  -                       -                    -                    -                   -                    -                       -                  16,00                  9,00
27                     -                   2,00                     -                    -                       -                    -                    -                   -                    -                       -                         -                  11,00
28              47,00                      -                       -                    -                       -                    -                    -                   -                    -                       -                    2,50                       -  
29                 2,00                      -                  5,50                  -                       -                    -                    -                   -                    -                       -                         -                         -  
30                 5,00                       -                    -                10,00                  -                    -                   -                    -                       -                    2,50                21,00
31                     -                       -                  33,00                    -                   -                         -                           -  
Total  427,50   205,50  169,00     2,00  117,50   74,00         -    40,00   14,00  146,50   195,50   348,50
% 24,6% 11,8% 9,7% 0,1% 6,8% 4,3% 0,0% 2,3% 0,8% 8,4% 11,2% 20,0%

 

ESTAÇÃO DO ANO % mm
VERÃO 49%     853,00
OUTONO 13%     220,00
INVERNO 3%       54,00
PRIMAVERA 35%     613,00
     
ACUMULADO 2016    
                    1.740,00    

Participamos também do mercado de créditos de carbono. Desenvolvemos projetos de créditos de carbono e mantemos parceria desde 2014 com o Allcot Group, destacada empresa com atuação no mercado de créditos de carbono com sede na Suíça.